Fotos


Fotos

Henrique Cláudio de Lima Vaz nasceu em Ouro Preto no dia 24 de agosto de 1921
Filho de Theodoro Amálio da Fonseca Vaz e de Emília Josephine de Lima Vaz.
Sua família transferiu-se para Belo Horizonte quando ainda era criança. Em 1938, aos 16 anos, concluiu os estudos secundários no Colégio Arnaldo dos Padres do Verbo Divino.
Após conclusão dos estudos secundários, entrou no Noviciado da Companhia de Jesus em Nova Friburgo, RJ, período de iniciação na vida religiosa segundo a espiritualidade de S. Inácio de Loyola. Aí no Colégio Anchieta, onde funcionava então a Faculdade de Filosofia da Companhia de Jesus, fez também estudos de humanidades, ciências e filosofia. Tendo terminado brilhantemente o curso de Filosofia, foi enviado a Roma em 1945, para estudar Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana.
Em 1948, logo após terminar os estudos em Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana e ordenado sacerdote, foi completar a sua formação religiosa em Gandia na Espanha. Foto: Colégio Pio Brasileiro, Roma, 1948.
Ordenado sacerdote aos 15 de julho de 1948.
Voltando a Roma, obteve em 1953 o Doutorado em Filosofia na mesma Universidade Gregoriana com uma tese sobre Platão.
Esc. Camurça, Padre Vaz, Esc. Flávio Souza, Esc. Monteoliva, Esc. Rocha
Em 1953 inicia a missão apostólica de toda a sua vida como formador e professor dos jovens jesuítas. Foto: 3º ano de Filosofia – Nova Friburgo -1957
Lecionou na Faculdade de Filosofia da Companhia de Jesus de 1953-1963/1975-2002, na Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG de 1964 a 1986, tendo recebido o título de Professor Emérito de ambas as Faculdades.
Foi o mentor da Juventude Universitária Católica (JUC) nos anos agitados que antecederam o golpe militar de 1964, iluminando o horizonte teórico de um autêntico compromisso cristão com a justiça e a transformação da sociedade.
Ir. Zandoná, Ir. NN, Padre Vaz, Marcelo Perine (Roma, Colégio Pio Brasileiro, mais ou menos 1983)
Pe. Vaz com Pe. Fernando Bastos de Ávila SJ
Pe. Vaz proferindo a aula inaugural do Curso de Filosofia da UFOP em 1994. Compõem a mesa da esquerda para a direita: Prof. Arnaldo Drummond, Prof. Renato Godinho, Padre Vaz, Profª Ana Maria de Almeida, Profª Maria Eugênia Dias, Lúgera Ana da Silva.
Padre Vaz com Patrus Ananias e Franco Montoro
Padre Vaz apresentando seu livro “Experiência mística e filosofia na tradição ocidental”, em 2000.
Nestes quase 50 anos de magistério filosófico universitário, de 1953 a 2002, num ritmo de vida extremamente disciplinado e austero, dedicou-se incansavelmente à investigação e produção científica no campo da filosofia, e, mais ainda, aos seus cursos e à orientação de tantos alunos e alunas na busca da verdade e do sentido da vida.
“Padre Henrique Vaz: um mestre incomparável”

Fotos

PESSOAS ONLINE

Temos 55 visitantes e Nenhum membro online